perfume vermelho

Moça,

 

Lá no alto da Pedra onde ela toca as nuvens,

Os urubus plainam no vale, descansam no observatório do nariz da Mantiqueira.

 

É lá também que o bom vento acaricia o rosto trazendo a beleza inesperada em um dia comum ensolarado.

 

Não esqueço, não consigo esquecer. Virará, ou já virou, uma lembrança eterna.

 

(S.O)

28 de março de 2015